Site da Arquidiocese de Fortaleza

Acesse o site de nossa arquidiocese e fique bem informado.

Palavra do Pastor

Dom José Antonio Aparecido Tosi Marques, Arcebispo Metropolitano de Fortaleza

28 de jun de 2012

Fotos da Missa, ontem, na Comunidade São Pedro, na Prainha do Canto Verde - Beberibe.
Momento de muita alegria e festa pela Eucaristia e por estarmos festejando nosso primeiro Papa, São Pedro.
Ali encontrei um povo de fé e coragem, que luta pelos direitos e faz valer a Palavra: "que todos tenham vida" (Jo 10).

















Cardeal convida fiéis a expressarem gratidão ao Papa nesta sexta


Da Redação, com Rádio Vaticano


Arquivo
Cardeal Agostino Vallini com o Papa Bento XVI, durante o anúncio de sua nomeação como novo Vigário da Diocese de Roma, em 2008
O Vigário do Papa para a Diocese de Roma, Cardeal Agostino Vallini, lançou um apelo à diocese a fim de que manifeste forte participação na Celebração desta sexta-feira, 29, Solenidade dos Santos Apóstolos Pedro e Paulo.

Os padroeiros de Roma exortam "a recordar as origens da nossa Igreja e a agradecer a Deus pelo ministério do Papa, Sucessor do Apóstolo Pedro e bispo de nossa cidade", prossegue o cardeal.

Ele destaca ainda que, nestes anos, Bento XVI sempre esteve muito presente na vida da diocese, mediante as visitas pastorais às paróquias e a diversos lugares de sofrimento.

"Roma ama profundamente o Papa e é grata à Providência que quis que o Sucessor de Pedro tivesse aqui a sua Cátedra", ressalta o Cardeal Vallini.

A mensagem convida paróquias, associações e movimentos a participarem do Angelus na Praça São Pedro nesta sexta-feira, ao meio-dia, e a manifestarem afeto e gratidão ao Papa.

27 de jun de 2012

Ontem, em Cascavel, aconteceu Show Católico com o cantor Batista Lima, na comemoração dos 10 anos do programa de rádio Show da Paz. Após a Missa que celebrei na Caponga, dentro da Festa de São Pedro, fomos conferir o show. Veja algumas fotos!!!!



















25 de jun de 2012



Assunto: Celebração com os Coroinhas/Acólitos 2012

Amados irmãos no Presbitério
Equipes Paroquiais de Corinhas e Acólitos
Irmãos e Irmãs em Cristo Jesus

O cuidado e o carinho por todos os serviços e ministérios é um dever na vida da Igreja. Animá-los e fomentá-los é fazer com que a Igreja caminhe sabendo-se toda ministerial. Dentre os inúmeros ministérios e serviços na Igreja encontram-se os COROINHAS e/ou ACÓLITOS.
Nossos Bispos, nas Visitas Pastorais têm encontrado em nossas comunidades uma boa quantidade de coroinhas e/ou acólitos que prestam seus serviços junto aos sacerdotes e diáconos nas Celebrações dos Sacramentos, especialmente na Celebração da Eucaristia. Ao mesmo tempo eles também têm escutado o pedido destes grupos, formados por jovens, adolescentes e crianças, de um melhor acompanhamento e maior proximidade por parte da mesma Igreja.
Por isso queremos repetir a bela experiência que vivemos ano de 2011, em que reunimos centenas de coroinhas/ acólitos na nossa Igreja Catedral para uma Celebração Eucarística em ação de graças por este ministério.
Por isso pedimos aos senhores párocos e vigários paroquiais responsáveis por Áreas Pastorais, às nossas Equipes Paroquiais de Coroinhas e Acólitos, e a todos os Grupos, Pastorais, Movimentos, Serviços, Novas Comunidades que animem seus respectivos grupos de serviço ao altar já citados para participar desta celebração, vindos de todos os recantos de nossa Igreja Particular. SERÁ UMA GRANDE FESTA!
Sem dúvida este momento será muito especial para todos nós e para os coroinhas e acólitos de nossa Arquidiocese de Fortaleza. A manhã de celebração em ação de graças pelos Coroinhas e/ou Acólitos acontecerá:

Dia 04 de agosto de 2012 (dia de São João Maria Vianney – Dia do Padre),
a partir das 08h30min,
na Catedral Metropolitana de Fortaleza,
e será presidida pelo nosso novo bispo auxiliar Dom José Luis Gomes de Vasconcelos.

Sem dúvida este será um momento que, depois da apresentação oficial do nosso novo Bispo Auxiliar, poderemos ter para conhecê-lo um pouco mais e ele a nós, padres, coroinhas, acólitos, agentes de pastoral.
Pedimos que os coroinhas e acólitos que vierem a esta celebração que tragam sua VESTE LITÚRGICA, para usá-la, uma vez que na ocasião pediremos ao bispo que conceda uma bênção especial a todos estes jovens que vêm prestando seus serviços ao cuidado do Altar do Senhor. É bom que cada grupo paroquial traga faixas e cartazes para sabermos de onde são os grupos presentes à Celebração.
Louvamos agradecemos ao Senhor da Messe e Pastor do Rebanho por todos os serviços e por todas as vocações e auguramos um fecundo ministério a todos sob a materna proteção de Nossa Senhora da Assunção,


Fortaleza, 07 de junho de 2012.
Solenidade de Corpus Christi

 

Pe. Rafhael Silva Maciel
Reitor do Seminário Propedêutico
Coordenador Arquidiocesano da Pastoral Vocacional


PROGRAMAÇÃO

08h30min – Acolhida dos grupos e momento de louvor

09h – Momento de formação para os coroinhas (Pe. Rafhael)

10h – Missa em ação de graças presidida por Dom José Luis Gomes

Veja e imprima no marcador PASTORAL VOCACIONAL o texto do novo da Santa Sé para a Pastoral Vocacional.



PARA NOSSO BEM!!!!
ORIENTAÇÕES DA SANTA SÉ PARA A PASTORAL VOCACIONAL 

Segunda-feira, 25 de junho de 2012, 10h21

Vaticano pede maior promoção à vocação sacerdotal

Nicole Melhado
Da Redação, com Boletim da Santa Sé (Tradução: equipe CN Notícias)


Arquivo
O prefeito da Congregação para a Educação Católica, Cardeal Zenon Grocholewski, apresentou a primeira parte do documento.
Foi apresentado na manhã desta segunda-feira, 25, no Vaticano, o Documento "Orientações pastorais para a promoção das vocações ao ministério sacerdotal".

O documento está estruturado em três partes: a primeira examina a situação atual, seja das vocações como do ministério sacerdotal nas várias partes do mundo; a segunda aborda a vocação e a identidade do sacerdócio; e a última parte, por fim, indica propostas para a pastoral das vocações sacerdotais.

Acesse
.: NA ÍNTEGRA: Orientações para promoção das vocações sacerdotais


O prefeito da Congregação para a Educação Católica, Cardeal Zenon Grocholewski, explica que a primeira parte do documento indica, sobretudo, três razões principais que contrastam a pastoral vocacional e que tornam evidente nas Igrejas de antiga tradição cristã no ocidente: O declínio da população e da crise da família; a difusão da mentalidade secularizada; as difíceis condições de vida e do ministério do padre.

Já na segunda parte é oferecida uma apresentação resumida e global da identidade e do ministério sacerdotal, mais concentrada no perfil teológico e espiritual do padre.

"A síntese da doutrina teológica e espiritual apresentada nestes parágrafos responde a duas exigências. Antes de tudo, a intenção é colocar em destaque as características essenciais da vocação ao sacerdócio, com referência à sintese oferecida pelo Concíclio Vaticano II e desenvolvida no Ministério pós-concílio, sobretudo na Pastores dabo vobis", explica o secretário da Congregação para a Educação Católica, Dom Jean-Louis Bruguès.

A terceira parte é a mais longa do documento e propõe uma série de indicações concretas sugeridas por todas as conferências episcopais consultadas. Na primeira frase do capítulo lê-se: “Em alguns países registra-se um vigoroso e promissor florescimento das vocações sacerdotais, que encoraja o prosseguimento no caminho da promoção vocacional”.

“É interessante confrontar a evolução das vocações ao sacerdócio ocorrida nos últimos 10 anos. Observamos o número de estudantes de filosofia e teologia, seja nas dioceses que nas congregações religiosas masculinas distribuídas nas diversas áreas geográficas”, esclarece o subsecretário da Congregação para a Educação Católica, Dom Angelo Vincenzo Zani.

Na Europa, por exemplo, se constatou uma maior carência de vocações sacerdotais. Os estudantes de teologia e filosofia nos centros diocesanos em 2000 eram 26.879 e em 2010 passaram a ser 20.564.

Já na América Latina, os dados se mostram mais estáveis, mas com uma pequena elevação: Em 2010, os estudantes de teologia e filosofia nos centros diocesanos em eram 20.79, e, em 2010, passaram a ser 20.919.

Uma solicitação importante feita no documento diz respeito à Vigília do Ano da Fé que é um chamado a “propor a experiência de fé como relação pessoal e profunda com o Senhor Jesus Cristo”.

“O documento repete novamente o campo fértil para a semeação vocacional, é uma comunidade cristã que ouve a Palavra, reza com a liturgia e testemunha a caridade. Ele dirige a toda Igreja a um encorajamento, a retomar com confiança o próprio empenho educativo para o acolhimento do chamado de Deus ao ministério sacerdotal”, conclui Dom Angelo. 

24 de jun de 2012

Veja algumas fotos do São João do Seminário Propedêutico, ontem à noite!!!!!
















Fique ligado - Jubileu 16