Site da Arquidiocese de Fortaleza

Acesse o site de nossa arquidiocese e fique bem informado.

Palavra do Pastor

Dom José Antonio Aparecido Tosi Marques, Arcebispo Metropolitano de Fortaleza

29 de dez de 2014

Um Feliz e Santo Natal e um abençoado Ano Novo!





























Caríssimos amigos leitores, em especial aos jovens que sentem o chamado à vocação sacerdotal e todos aqueles que sentem o chamado de Deus em seu coração. Nós da Pastoral Vocacional de Fortaleza, queremos desejar de coração um Feliz e Santo Natal pra vocês, que nos acompanharam neste ano de 2014.

É uma alegria tê-los conosco e nos acompanhando através deste blog, da nossa página no facebook, do nosso Instagram e agradecer também pela participação de muitos, nos eventos realizados neste ano pela Pastoral Vocacional, em especial a Jornada Vocacional. Que a experiência do nascimento do Menino Jesus, seja constante no próximo ano em nossos corações, façamos de cada dia um Natal, fazendo a experiência do amor de Deus que nos chama a segui-lo.       

Jovens, irmãos e irmãs, que o ano 2015 seja um ano abençoado por Deus e que nos desejemos alcançar pela perspectiva de uma esperança nova, e que possamos amar o nosso próximo como Jesus nos amou. Esteja conosco neste próximo ano, nos acompanhando por aqui e participando dos nossos eventos. Essas são as nossas mais singelas felicitações a vocês. Deus abençoe e que a Virgem Santíssima os guarde sempre. Pedimos sempre as suas orações pelas vocações em especial as vocações sacerdotais. 

Por Pastoral Vocacional de Fortaleza

27 de dez de 2014

“Estou que não caibo em mim de tanta alegria”,diz novo sacerdote em primeira missa

A primeira missa do Padre Vicente Oliveira aconteceu nesta sexta-feira, dia 26, na

Padre Vicente Oliveira presidiu a primeira missa em Caucaia. O neo-sacerdote estava visivelmente emocionado.
Padre Vicente Oliveira presidiu a primeira missa em Caucaia. O neo-sacerdote estava visivelmente emocionado.

Paróquia Nossa Senhora dos Prazeres, Igreja Matriz de Caucaia-CE. Junto com outros dez sacerdotes, Vicente foi ordenado no último dia 22, pela Oração Consecratória e imposição das mãos de Dom José Antonio, arcebispo de Fortaleza.
Era visível a emoção do novo padre. “Estou que não caibo em mim de tanta alegria”, foi uma de suas primeiras palavras ao subir ao presbitério ao lado dos demais sacerdotes concelebrantes, diácono e seminaristas. A Igreja com arrumação, liturgia e  beleza impecável encheu-se dos familiares e convidados do padre, pessoas que fazem parte de sua história vocacional. 
A homilia da 1ª missa de um sacerdote, como é tradição da Igreja, é feita por um padre convidado pelo neo-ordenado, neste caso,o escolhido foi Padre Rafhael Maciel, Reitor do Seminário Propedêutico e amigo de Padre Vicente deste os tempos do período formativo.
Padre Rafhael iniciou destacando o contexto da primeira missa do jovem sacerdote. “Ela acontece dentro do mistério do Natal e da festa de Santo estevão, um dos primeiros diáconos da Igreja primitiva e o primeiro que foi morto por causa de Jesus”, explicou.
“Assim como Nosso Senhor escolheu Estevão há mais de dois mil anos, nestes dias Ele confirmou a escolha do padre Vicente. E confirmará tantos quantos o Senhor queira. Como diz o Evangelho de hoje, ‘aquele que perseverar até o final será salvo’”, disse o padre.
Relembrando São João Maria Vianey, patrono do sacerdotes, padre Rafhael relembrou que só entenderemos bem o que é um padre, no céu. “O sacerdote deve ser um homem íntegro que procura dar testemunho de vida e de santidade. Que as pessoas olhando um padre ao passar digam, ali vai um padre; ali vai Jesus”.
O padre concluiu a homilia fazendo um convite. “Se tiver alguém aqui que pensa em ser padre, não tenha medo. Deus não nos tira nada, ele nos dá tudo. E mais do que pedimos”.

Escute a Homilia na íntegra




Fonte: Blog Ancoradouro

15 de dez de 2014

NOTA DE PESAR PELO FALECIMENTO DE DOM BEDA PEREIRA DE HOLANDA

Fortaleza, 15 de dezembro de 2014

A Pastoral Vocacional da Arquidiocese manifesta o seu pesar pelo falecimento do amigo e irmão presbítero Dom Beda Pereira de Holanda. O falecimento ocorreu na manhã de hoje, 15 de dezembro de 2014.
Dom Beda era membro da Ordem de São Bento, foi Abade do Mosteiro de São Bento, em Olinda e Recife, e há alguns anos exercia o seu Ministério Presbiteral e vivia sua vida monacal em nossa Arquidiocese de Fortaleza.
Dom Beda, sempre se mostrou próximo do Arcebispo de Fortaleza além dos Padres e seminaristas de nossa Arquidiocese, ouvindo-os atentamente com seu jeito simples no contato mais direto.
As nossas preces aos familiares, a Dom José Antonio, Arcebispo de Fortaleza, à Ordem de São Bento e a todo povo que acompanhou a vida deste nosso irmão, Dom Beda. Agradeçamos a Deus, o dom da vida deste nosso amado irmão no presbitério e caminhemos na esperança da vida que o Crucificado-Ressuscitado nos acompanha.


Pe. Rafhael Silva Maciel
Reitor do Seminário Propedêutico 
Coord. Arquidiocesano da Pastoral Vocacional

12 de dez de 2014

Dom José Antonio ordenará 11 novos padres para o serviço do povo de Deus em Fortaleza


No próximo dia 22 de dezembro, na comemoração do aniversário da Dedicação da Igreja Catedral e dentro das celebrações jubilares dos 100 anos da Arquidiocese de Fortaleza, Sua Excelência Reverendíssima, Dom José Antonio Aparecido Tosi Marques, Arcebispo Metropolitano, ordenará 11 novos padres para o serviço do povo de Deus. Os 11 jovens, após o período da formação inicial e o exercício do ministério diaconal recebido no último dia 25 de Agosto, se preparam para receberem o Sacramento da Ordem no grau do presbiterato. “É uma grande graça, é dom de Deus, poder chegar a este sublime momento em que o Senhor da Messe confirmará o nosso chamado e, pelo Espírito Santo, nos consagrará para a missão. Estamos muito felizes e queremos, com a oferta da nossa vida, corresponder este chamado com fidelidade e amor”, afirma o Diácono Vicente Oliveira. A celebração solene iniciará às 18:30h na Igreja Catedral Metropolitana de Fortaleza. Os ordenandos são:
 Diác. Alex de Brito Sátiro
Paróquia de origem: Nossa Senhora da Glória – Cidade dos Funcionários.
Diaconato: Área Pastoral Santo Antônio – Caiçara – Canindé
1ª Missa: 23/12/14 às 18h30 na Paróquia N. Sra da Glória (Cidade dos Funcionários).
 Diác. Cledison Reis Lima, CCSh
Paróquia de origem: São José Operário de Castelo Branco.
Diaconato: Discipulado de Pacajus
1ª Missa: 25/12/14 às 18h no Shalom da Paz
 Diác. Célio Lourenço da Silva, CCSh
Paróquia de origem: São Miguel – Quixeramobim
Diaconato: Centro Católico de Evangelização Shalom – Bairro de Fátima
1ª Missa: 27/12/14 às 19h no Shalom da Paz
Diác. D. Gabriel Alves do Amaral, OSB
Paróquia de origem: São João Batista – São João do Aruaru
Diaconato: Paróquia São João Batista – Acarape
1ª Missa:28/12/14 às 10h no Mosteiro de São Bento (Paupina)
Diác. Francisco Aderlane Freitas Carneiro
Paróquia de origem: São Francisco das Chagas – Canindé
Diaconato: Paróquia Bom Jesus dos Navegantes – Parajuru – Beberibe
1ª Missa: 29/12/14 às 18h na capela São João Batista (Bonitinho – Canindé)
 Diác. Francisco Marciano de Sousa
Paróquia de origem: São Francisco de Assis – Palmácia
Diaconato: Paróquia Nossa Senhora da Penha – Sucatinga
1ª Missa: 27/12/14 às 9h na Igreja São José (Gado dos Ferros – Palmácia)
Diác. José Aroldo Martins Santos, NJ
Paróquia de origem: Sant’Ana – Paramoti
Diaconato: Paróquia Nossa Senhora da Imaculada Conceição – Morada Nova – Teresina-Pi
1ª Missa: 23/12/14 às 19h na Igreja Cristo Redentor (Cristo Redentor)
Diác. José Lauro Costa Aderaldo, NJ
Paróquia de origem: Nossa Senhora Imaculada Conceição – João XXIII –
Diaconato: Paróquia Nossa Senhora da Imaculada Conceição – Teresina – PI
1ª Missa: 28/12/14 às 18h na Igreja N. Sra da Imaculada Conceição (João XXIII)
Diác. Livandro Nonato Dias Coelho Delfim Monteiro, CCSh
Paróquia de origem: São Gonçalo do Retiro – Salvador-BA
Diaconato: Diaconia Shalom
1ª Missa: 26/12/14 às 19h no Shalom da Paz
Diác. Rômulo Bezerra de Castro, CCSh
Paróquia de origem: São Pedro – Barra do Ceará.
Diaconato: Discipulado de Quixadá
1ª Missa: 28/12/14 às 18h no Shalom da Paz
Diác. Vicente Gomes de Oliveira
Paróquia de origem: Nossa Senhora dos Prazeres – Caucaia
Diaconato: Paróquia São Francisco das Chagas – Jereissati II – Pacatuba
1ª Missa: 26/12/14 às 19h na Paróquia N. Sra dos Prazeres (Caucaia)
Fonte: Arquidiocese de Fortaleza

10 de dez de 2014

NOTA DE PESAR PELO FALECIMENTO DO SEMINARISTA THIAGO HANDREY

Fortaleza, 10 de dezembro de 2014

A Pastoral Vocacional da Arquidiocese de Fortaleza manifesta o seu pesar pelo falecimento do seminarista Thiago Handrey. O falecimento ocorreu na tarde de ontem, 09 de dezembro de 2014, devido a afogamento.
Thiago estava em lazer, tomando banho no mar de Jericoaquara, quando de repente foi arrastado pelo mar. Pescadores e moradores locais ajudaram nas buscas imediatas ao acontecimento, mas seu corpo só foi encontrado hoje pela manhã, 10 de dezembro, na Praia de Camocim.
Thiago Handrey foi seminarista da Arquidiocese de Fortaleza, tinha terminado os estudos de Teologia e esperava ser enviado pelo Arcebispo para o estágio pastoral em preparação para o Diaconato, que provavelmente aconteceria no meio do próximo ano, e o Presbiterado no final de 2015.
Rogamos a Deus que este nosso irmão na fé seja no Céu, junto de Nosso Senhor Jesus Cristo um intercessor por novas, santas e numerosas vocações sacerdotais.
Nesse momento de muita dor, as nossas preces aos familiares, a Dom José Antonio, Arcebispo de Fortaleza, aos seminaristas, especialmente da sua Turma de Ano. Agradeçamos a Deus, o dom da vida deste nosso irmão na f e caminhemos na esperança da vida que o Crucificado-Ressuscitado nos acompanha.

Pe. Rafhael Silva Maciel
Reitor do Seminário Propedêutico 
Coord. Arquidiocesano da Pastoral Vocacional


4 de dez de 2014

Ação de graças: 40 anos de ordenação presbiteral de dom José Antonio e 25 anos de ordenação presbiteral de dom Vasconcelos





















A celebração acontecerá na segunda-feira, 8 de dezembro, às 10h, na Capela da Faculdade Católica de Fortaleza, seguida de um almoço para o clero da Arquidiocese de Fortaleza.
O clero da Arquidiocese de Fortaleza quer expressar gratidão aos arcebispo de Fortaleza, dom José Antonio, e ao bispo auxiliar, dom Vasconcelos.
“Queremos unir-nos em Ação de Graças ao Senhor pelo visível testemunho do dom de si e da própria vida, de serviço cheio de humildade e de entendimento que marcam a missão, a vida sacerdotal e da dedicação destes irmãos ao rebanho que lhe foi confiado”, disse padre José Sávio na carta convite.
Fonte: Arquidiocese de Fortaleza

3 de dez de 2014

Papa Francisco envia mensagem para o Ano da Vida Consagrada

Por ocasião da abertura do Ano da Vida Consagrada, no domingo, 30 de novembro, o papa Francisco enviou mensagem na qual faz um chamado para que os consagrados “despertem o mundo!”.  Inspirados na Exortação Vita Consecrata de São João Paulo II, o texto do papa apresenta alguns objetivos, expectativas e os horizontes do Ano da Vida Consagrada, que prosseguirá até 2 de fevereiro de 2016.
O prefeito da Congregação dos Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica, cardeal João Braz de Aviz, em entrevista à Rádio Vaticano, apontou três objetivos principais  que o papa Francisco indica aos consagrados para a realização da própria vocação: “olhar para o passado com gratidão”, para manter viva a própria identidade, sem fechar os olhos diante das incoerências, resultado das fraquezas humanas;   “viver o presente com paixão”, vivendo o Evangelho a fundo e com espírito de comunhão; “abraçar o futuro com esperança”, sem perder a coragem diante das inúmeras dificuldades que se encontrarão ao longo da vida consagrada, a partir da crise das vocações.
Aos jovens consagrados
O papa também alertou aos mais jovens para que não caiam na “tentação dos números e da eficiência, tampouco àquela de confiar exclusivamente nas suas próprias forças. A caridade não conhece limites e precisa de entusiasmo para levar adiante o sopro do Evangelho nos mais diversos ambientes sociais e culturais”.
Disse, ainda, que é necessário que os consagrados saibam transmitir a alegria e a felicidade da fé vivida em comunidade, por meio do testemunho do amor fraterno, da solidariedade, da partilha que dá valor à Igreja. “Uma Igreja que deve forjar profetas visionários e capazes de interpretar os acontecimentos, denunciando o mal do pecado e da injustiça”.
Francisco não tem expectativas de que os consagrados mantenham vivas certas “utopias”, mas que saibam criar “outros lugares”, onde se viva a lógica evangélica do dom, da fraternidade, da diversidade e do amor recíproco. O lugar ideal para que isso aconteça são as comunidades dos Institutos aos quais se pertence e que não deve ser uma realidade isolada. Ao contrário, o papa expressa seu desejo de que este Ano da Vida Consagrada seja a ocasião para que se estreitem os laços de colaboração entre as diversas comunidades, “no acolhimento de refugiados, na proximidade aos pobres, no anúncio do Evangelho, na iniciação à vida de oração”.
Na carta aos consagrados e às consagradas, Francisco ressalta o papel dos leigos, “que, com os consagrados, partilham ideais, espírito e missão”. O papa pede aos bispos que sejam solícitos no promover nas respectivas comunidades “os carismas distintos, apoiando, animando e ajudando no discernimento para que a beleza e a santidade da vida consagrada resplandeçam na Igreja”.
Fonte: CNBB

Papa expressa gratidão às pessoas de vida consagrada

Por motivo de sua visita apostólica à Turquia, o papa Francisco enviou uma vídeo-mensagem aos participantes da Vigília de Oração realizada na Basílica Santa Maria Maior, em Roma, no sábado, 29, véspera da abertura do Ano da Vida Consagrada.  Inspirado na Exortação Vita Consecrata de São João Paulo II, o texto do papa apresenta alguns objetivos, expectativas e os horizontes do Ano da Vida Consagrada, que ocorre de 30 de dezembro a 2 de fevereiro de 2016.
Leia a íntegra da mensagem:
“Queridos irmãos e irmãs,
Mesmo se distante fisicamente por motivo do meu serviço à Igreja universal, me sinto intimamente unido a todos os consagrados e às consagradas no início deste ano que quis fosse dedicado à vida consagrada.
Saúdo com afeto todos os membros da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica e todos aqueles que estão presentes na Basílica Santa Maria Maior, sob o terno olhar da Bem-aventurada Virgem Maria Salus Populi Romani, para esta Vigília de Oração.
Com vocês saúdo também todos os consagrados e as consagradas que vivem e trabalham no mundo. Nesta ocasião as minhas primeiras palavras são de gratidão ao Senhor pelo dom precioso da vida consagrada à Igreja e ao mundo. Que este ano da Vida Consagrada seja uma ocasião para que todos os membros do povo de Deus agradeçam o Senhor, do qual provém todo bem, pelo dom da vida consagrada, valorizando-a de maneira conveniente. A vós, queridos irmãos e irmãs consagrados, vai igualmente a minha gratidão por aquilo que sois e fazem na Igreja e no mundo. Que este seja um “tempo forte” para celebrar com toda a Igreja o dom da vossa vocação e para reavivar a vossa missão profética.
Repito-vos também hoje o que vos disse outras vezes: « “Despertai o mundo” Despertai o mundo” ». Como? Colocando Cristo no centro de vossa existência. Sendo norma fundamental de vossa vida «seguir Cristo como é ensinado no Evangelho» (Perfectae caritatis, 2), a vida consagrada consiste essencialmente na adesão pessoal a Ele. Busquem, queridos consagrados, Cristo constantemente, busquem a sua Face, que Ele ocupe o centro de vossa vida de modo a serem transformadas em «memória viva do modo de existir e de agir de Jesus, como Verbo Encarnado diante do Pai e diante dos irmãos » (Vida consagrada, 22). Como o apóstolo Paulo, deixai-vos conquistar por Ele, assumam os seus sentimentos e a sua forma de vida (cfr ibid., 18); deixai-vos tocar pela sua mão, conduzir pela sua voz, apoiar pela sua graça (cfr ibid., 40).
E com Cristo, partam sempre do Evangelho. Assumam-no como forma de vida e traduzam-no em gestos cotidianos marcados pela simplicidade e pela coerência, superando assim a tentação de transformá-lo em uma ideologia. O Evangelho conservará jovem a vossa vida e missão, e as tornará atuais e atraentes. Que o Evangelho seja o terreno sólido onde avançar com coragem. Chamados a ser «exegeses vivas» do Evangelho, seja este, queridos consagrados, o fundamento e a referência última de vossa vida e missão. Saiam de vossos aconchegos em direção às periferias do homem e da mulher de hoje! Por isto, deixai-vos encontrar por Cristo. O encontro com Ele vos impelirá ao encontro com os outros e vos levará em direção aos mais necessitados, aos mais pobres. Ides às periferias que aguardam a luz do Evangelho (cfr Evangelii gaudium, 20). Habitem as fronteiras. Isto vos exigirá vigilância para descobrir as novidades do Espírito; lucidez para reconhecer a complexidade das novas fronteiras; discernimento para identificar os limites e a maneira adequada de proceder; e imersão na realidade, “tocando a carne sofredora de Cristo no povo” (ibid.,24).
Queridos irmãos e irmãs: diante de vós se apresentam muitos desafios, mas eles existem para serem superados. “Sejamos realistas, mas sem perder a alegria, a audácia e a dedicação plena de esperança! Não deixemos que nos roubem a força missionária” (ibid., 109).
Que Maria, mulher em contemplação do mistério de Deus no mundo e na história, mãe diligente em ajudar com prontidão os outros (cfr Lc 1, 39) e por isto modelo de todo discípulo missionário, nos acompanhe neste Ano da Vida Consagrada que colocamos sob seu olhar materno.
A todos vocês participantes da Vigília de Oração na Santa Maria Maior e a todos os consagrados e as consagradas, concedo de coração a minha Bênção e vos peço, por favor, para rezarem por mim.
Que o Senhor vos abençoe e Nossa Senhora vos guarde”.
Fonte: CNBB

Fique ligado - Jubileu 16